NASA esclarece boatos apocalípticos da inversão dos pólos magnéticos da Terra

Tempo de leitura: < 1 min.
Ilustração do campo magnético da Terra.

Quem vê na inversão de pólos um sinal do fim do mundo afirma que as mudanças no campo magnético no planeta vão arruinar a migração de espécies animais, expor a atmosfera à radiação solar mortal e mudar o eixo da Terra, levando o gelo dos pólos a derreter, inundando os continentes.

Para os cientistas da Agência Espacial Norte-Americana (NASA), porém, isso não ocorrerá. A inversão de pólos é regra, não exceção, afirmam eles, e já ocorreu diversas vezes desde que existe vida na Terra. Os dinossauros e nossos ancestrais hominídeos já passaram pelo evento, que ocorreu pela última vez há cerca de 800 mil anos.

Segundo a agência, o campo magnético do planeta pode até enfraquecer durante o processo de inversão, que pode durar milhares de anos, mas não irá sumir porque é fruto do movimento incessante do núcleo da Terra.

Para ler o restante do artigo, favor acessar o site de origem, clicando no seguinte link: www.ufo.com.br

n3m3

 

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.