O Relato de um MIB

Tempo de leitura: < 1 min.

Este é um relato fictício, que apesar de não ser real, nos mostra um cenário interessante, que pode ser plausível, ou não.

Leia o que foi postado junto aos vídeos no YouTube:

“Fiquei um tempão esperando que ele aparecesse, mas ele não foi. Em seu lugar, enviou um representante que só me autorizou a chamá-lo de Coronel.

Esta pessoa chegou num carro preto com motorista e veio direto falar comigo. Ele disse que Vortex teve “alguns problemas” e que pediu que ele viesse ao meu encontro. A finalidade deste encontro era passar informações sobre o Juca.

Nossa entrevista durou cerca de duas horas. Precisei editar o vídeo da entrevista para poder postar na web. Dias depois, fui informado que deveria cortar alguns trechos que envolviam nomes e informações que tornaram-se inoportunas.

Peço desculpas pela baixa qualidade de áudio e vídeo. A entrevista foi combinada em cima da hora e era imprescindível que eu não chamasse atenção.

Eles deixaram claro que eu não poderia levar ninguém.

Relembrando que esta é uma obra de ficção, assista a série 7 dos vídeos:

Fonte dos vídeos: philipe3d

n3m3

Colaboração: Meson

 

-------

BOMBANDO NO planetaabsurdo.com.br:

PORCOS VIVOS SÃO USADOS EM TESTES DE COLISÃO DE AUTOMÓVEIS

-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.