Novos universos constantemente estão sendo criados

Tempo de leitura: 2 min.
A teoria da cosmologia moderna nos diz que nosso universo possa ser somente um de uma vasta coleção de universos, conhecido como multiverso.

Alan Guth, físico da MIT sugeriu que novos universos (conhecidos como ‘universos de bolso’) estão constantemente sendo criados, mas eles não podem ser vistos a partir de nosso universo.

Nesta visão, “a natureza tenta várias vezes — o universo é um experimento que se repete a toda hora, cada vez com leis de física levemente diferentes, ou até mesmo com leis de física vastamente diferentes,” diz o professor de física do MIT, Robert Jaffe.

Alguns destes universos entrariam em colapso imediatamente após se formarem; em outros, as forças entre as partículas seriam tão fracas que eles não poderiam criar átomos ou moléculas.  Porém, se as condições fossem apropriadas, a matéria iria se aglutinar em galáxias e planetas, e se os elementos certos estivessem presentes naqueles mundos, a vida inteligente poderia evoluir.

Alguns físicos teorizam que somente os universos cujas leis da física são apropriadas poderiam suportar vida, e se as coisas fossem somente um pouco diferente de nosso mundo, a vida inteligente seria impossível.

O professor Jaffe e seus colaboradores acham que esta visão deveria ser sujeita a uma análise mais cuidadosa, e decidiram explorar se os universos com diferentes leis físicas poderiam suportar a vida.

Os físicos do MIT demonstraram que os universos completamente diferente do nosso ainda têm elementos similares ao carbono, hidrogênio e oxigênio, assim poderiam suportar formas de vida de maneira similar às nossas, mesmo se as massas das partículas elementares chamadas quarks fossem dramaticamente alteradas.

Diferentemente de outros estudos, nos quais somente uma constante variada produz um universo inóspito, eles examinaram mais do que uma constante.

Para os cientistas, se a vida existe, ou não, em outros lugares de nosso universo, ainda é um mistério.  Mas para alguns deles há outra questão ainda mais interessante: poderia haver vida em um universo significativamente diferente do nosso?

Hoje ainda não há uma maneira de se descobrir se há outros universos lá fora, e muito menos se a vida pode existir dentro deles.  Contudo, não é interessante o fato de que os cientistas já estão pensando em vida dentro de universos paralelos?  Não seria esta uma confirmação indireta de que eles já começam a se acostumar com o fato de que é mais fácil haver vida fora de nosso planeta do que o contrário?

n3m3
Fonte da notícia: www.riseearth.com

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.