Os alienígenas chegarão à Terra em 10 de setembro?

Tempo de leitura: < 1 min.

Aproveitando o post anterior sobre o cometa Elenin, publicamos aqui mais esta informação relacionada ao famoso cometa.  Contudo, reiteramos que este blog não afirma a possibilidade abaixo descrita, a qual provavelmente é uma das muitas brincadeiras que rondam pela Internet. Colocamos aqui, pois é nossa missão disponibilizar estas informações.

De acordo com o site alertadigital.com, Sergio Toscano, diretor de Investigações Astronômicas da província argentina de Missiones (sudeste do país), prognosticou  que os extraterrestres chegarão à Terra em 10 de setembro deste ano.

O cientista baseou seus prognósticos em observações do cometa Elenin, descoberto pelo russo Leonid Elenin em dezembro de 2010.  Segundo suas declarações, por detrás deste corpo celeste há algumas naves espaciais, e até o próprio cometa poderia ser na verdade um veículo espacial.

Atualmente o cometa se encontra a aproximadamente 60 milhões de quilômetros da Terra.

Toscano faz referência às informações da Agencia Nacional Espacial da China, que havia descoberto sinais misteriosos de um corpo estranho, obscuro e desconhecido na parte traseira do cometa. “Por detrás do cometa, descoberto em dezembro do ano passado, os cientistas chineses asseguram que vem algo que eles chamam de ‘cluster’, que significa um acúmulo globular, ou talvez até uma nave extraterrestre“, diz Toscano, que também alegou que há uns 90 dias os cientistas chineses começaram a detectar que o corpo obscuro “parece ser procedente de uma civilização extraterrestre“.

O cometa Elenin tem provocado muita comoção na Internet.  Alguns sites o consideram como o Planeta Nibiru da mitologia babilônica e que sua aproximação ameaça nosso planeta com uma catástrofe global.

Porém, o próprio Leonid Elenin assegurou que se trata de um corpo celeste bastante interessante, contudo ordinário, mas que todas estas hipóteses de naves extraterrestres não têm embasamento científico algum.

n3m3

Fonte: www.alertadigital.com

Colaboração: Ronal Luso

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.