Reportagem de 1865: OVNI se espatifou na Terra – super interessante

Tempo de leitura: 3 min.

Artigo muito interessantes que, de acordo com o site MiQel.com, foi reportagem do jornal estadunidense The St. Louis Democrat, em 19 de outubro passado.

No dia 16 de março de 2010, Kenny Young trabalhava em uma conferência sobre OVNIs no Centro de Convenções de Cincinnati, no estado de Ohio , quando um senhor parou no seu stand e lhe passou uma data específica e número de página de um artigo de jornal, dizendo-lhe que poderia ser de muito interesse para ele.

De acordo com o senhor, o artigo era a respeito de um objeto que caiu do céu fora publicado o artigo.

Um mês se passou antes que Kenny pudesse encontrar tempo para ir até a biblioteca pública.  Estranhamente quando lá foi e  acessou o jornal, confirmou que as alegações daquele senhor que conheceu na conferência de OVNIs estavam corretas.

Kenny Young nunca mais contactou o homem e não tem idéia de como ele sabia da exata data e número de página do jornal, mas pede que se alguém tiver conhecimento sobre este evento, entre em contacto com ele ao e-mail task@fuse.net

Segue o artigo do jornal The Cincinnati Commercial, datado de 30 de outubro de 1865:

Uma História Estranha

– Um Mensageiro das Regiões Celestiais

Sr. James Lumley, um velho caçador das Montanhas Rochosas (Rocky Mountain), que tem estado hospedado por vários dias no Everett House, nos fez uma declaração assombrosa, a qual, se autenticada, produzirá grande empolgação no mundo científico.

O Sr. Lumly declara que, aproximadamente em meados de setembro último, ele estava colocando suas armadilhas, a 75 ou 100 milhas acima da grandes quedas de Missouri Superior, e na área conhecida como Cadotte Pass.  Logo após o por do sol ele avistou um corpo muito brilhante no céu, que estava se movendo à grande velocidade em direção do leste.  O corpo foi claramente visível por pelo menos 5 segundos, quando repentinamente separou-se em partículas no ar, semelhantes a fogos de artifício, como o Sr. Lumley o descreveu.

Alguns minutos mais tarde ele escutou uma forte explosão, a qual balançou a terra de forma brusca, e foi seguida de um som similar ao de um tornado, que varreu pela floresta.  Um forte vento apareceu na mesma hora, mas repentinamente parou.  O ar também ficou repleto de um odor peculiar de caráter sulfuroso.

Estes incidentes teriam causado somente uma pequena impressão na mente do Sr. Lumley, não fora pelo fato de que naquele dia ele descobriu, à aproximadamente 2 milhas (3.2 km) de seu acampamento, que até onde ele podia enxergar em ambas as direções, um caminho havia sido cortado pela floresta, muito largo, com árvores gigantescas arrancadas pelas raízes, ou quebradas perto do solo, os topos das colinas cortados, e a terra empurrada em vários locais.  A devastação havia se espalhado por toda a parte.  Seguindo esta trilha de desolação, ele logo encontrou a causa, na forma de uma pedra imensa que tinha sido alojada na encosta de uma montanha.  Contudo, agora vem a parte mais impressionante da história.  Um exame mais minucioso desta pedra, ou a parte dela que estava visível, mostrou que ela tinha sido dividida em compartimentos e que, em vários lugares, ela tinha gravações em baixo relevo com curiosas escritas hieroglíficas.

Mais do que isto, o Sr. Lumly também descobriu fragmentos de uma substancia parecida com vidro, e que em várias partes haviam manchas escuras, como se fossem causadas por líquido.  Ele está confiante de que a escrita encontrada era fruto do trabalho de mãos humanas, e que a pedra, embora fosse um fragmento de um bloco enorme, deve ter sido usada para algum propósito por seres animados.

Estranho quanto possa parecer esta história, o Sr. Lumley a relata com tanta sinceridade que somos forçados a aceitá-la como verdade.  Ficou evidente que a pedra que ele descobriu tratava-se de um fragmento de um meteoro que foi visível nesta área em  setembro último.  Lembramos que ele foi visto nas cidades de Leavenworth, Galena, e nesta cidade de Colonel Bonneville.  Em Leavenworth, testemunhas dizem que ela se separou em partículas ou explodir.

Abaixo, o que se alega ser cópia do original (em inglês):

Alegada cópia do jornal de 1865

Fonte: MiQel.com

n3m3

NÃO ESQUEÇA DE VISITAR NOSSA PÁGINA PRINCIPAL: OVNIHOJE.COM


AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.